Aplicações Android aconselhadas

Desde que adquiri um Samsung Google Nexus S há alguns meses que tenho tido oportunidade de explorar algumas das excelentes aplicações existentes no Android Market.

Hoje trago-vos algumas das que acho mais importantes ter num dispositivo Android, de acordo com diferentes categorias.

Navegação

tmn drive

Esta aplicação desenvolvida/disponibilizada pela tmn em parceria com a ndrive. permite oferece uma solução bastante completa para a navegação offline do seu Android. Apesar do branding tmn  está disponível no Android Market para qualquer telemóvel, sendo o mapa de Portugal TOTALMENTE gratuito.

Download

Social

Twitter

Para quem utiliza esta rede social/plataforma de comunicação e micro-blogging a aplicação oficial é absolutamente indispensável, e faz um bom trabalho.

Download

Facebook

Provavelmente utilizarão mais o Facebook do que o Twitter (se é que o utilizam). No meu caso pouco uso o Facebook, mas quem utilize é um must have em qualquer telemóvel Android.

Download

Facebook Messenger

Caso utilizem exclusivamente o Facebook para “Instant Messaging” a utilização da aplicação oficial também é capaz de ser uma boa opção.

Download

Instant Messaging

Trillian

Para “instant messaging”, na minha opinião, a melhor aplicação para utilizar várias redes é sem dúvida o Trillian. Especialmente se utilizarem também a versão Trillian para Windows ou Mac, em que existe uma boa integração da lista de contactos e outras funcionalidades, especialmente na versão Pro (paga).

Download

Skype

Para IM conjugado com VoIP, hoje em dia, o Skype é o líder. E a aplicação para Android funciona bastante bem. Até permitindo vídeo-conferência com outros dispositivos (PCs, telemóveis, tablets, etc.)

Download

Cloud

Dropbox

O armazenamento de informação na “cloud”, esse amontoado abstracto de servidores, está cada vez mais presente na nossa vida. Um dos serviços mais úteis que utilizo no dia-a-dia é a Dropbox. Permite o armazenamento e sincronização de ficheiros numa pasta virtual na “cloud”. Apesar de utilizar maioritariamente no portátil, a aplicação Android é muito útil para aceder a alguns ficheiros que necessite de visualizar rapidamente no ecrã do telemóvel. É bastante útil poder aceder a qualquer dos seus ficheiros a partir do seu bolso. Por isso não poderia deixar de aconselhar esta aplicação/serviço.

Download

Bloco de Notas

Evernote

Para tirar notas aqui e acolá o Evernote é do melhor que há. Utilizo-o tanto no portátil para tirar notas (por exemplo, nas aulas) como no telemóvel para consultar notas que criei no PC ou criar notas de algo que me lembre. Funciona offline e sempre que se volte a ligar à Internet realiza a sincronização. Um serviço muito útil que se torna ainda melhor quando disponível no smartphone.

Download

Leitor de PDF

Adobe Reader

Para ler PDFs, no Android, ainda não encontrei nada melhor do que a aplicação oficial da Adobe. Funciona bem, no meu Nexus S não é demasiado pesado e faz um bom rendering dos PDFs. Só posso recomendar!

Download

Produtividade

Olive Office Premium

Suite de produtividad (estilo Office) para Android. A mais completa e funcional que encontrei Free!! Para uma ou outra coisa ocasional que se precise de aceder ou modificar server bem… mas claro que no ecrã de um smartphone fica-se muito limitado ao que se pode realmente fazer 😉

Download

Google Docs

Sendo o Android um projecto da Google podemos sempre contar com boas aplicações para os seus serviços. O Google Docs não é excepção e se já utilizam o Google Docs no browser a utilização desta aplicação é bastante útil para aceder aos vossos documentos na cloud da Google.

Download

Pesquisa de Música/Som

SoundHound

Já alguma vez quiseram saber qual era aquela música que está a tocar na TV, rádio, etc. Agora já podem com o SoundHound. Esta aplicação capta som através do microfone do telemóvel e tenta descobrir qual a música que está a tocar. Até uma pessoa a tentar cantar uma música costuma ser suficiente para ter resultado minimamente decentes. A versão aqui disponibilizada é a Free. Existe uma versão mais avançada, mas paga, no Android Market.

Download

Shazam

Apesar de só utilizar o SoundHound já experimentei o Shazam. Não é tão bom a encontrar música “cantada” por uma pessoa, mas é mais preciso quando a amostra da música é boa. Experimentem e vejam se gostam. (Tal como no SoundHound existe uma versão premium paga)

Download

Pesquisa de imagens

Google Goggles

Para procurar imagens não há nada melhor do que o Goggles da Google. E quando digo procurar imagens não me refiro a pesquisar texto e a retornar imagens. Falo do inverso… Tirar uma fotografia com o telemóvel e procurar informação sobre os objectos, locais, etc. na imagem. Do ponto de vista tecnológico interessa-me bastante o que é que a Google utiliza em termos de algoritmos para este serviço. Pena que tal seja um segredo fechado a “7 chaves”. Antes de fazerem o download podem ainda ver um vídeo de demonstração do Google Goggles.

Download

Calculadora

RealCalc

A calculadora padrão do Android é uma calculadora muito simples e algo limitada. Por vezes dá-me jeito algo mais poderoso, nomeadamente com funções de calculadora cientifica. Para tal a RealCalc foi o melhor que encontrei até agora.

Download

Browser

Opera Mobile

Actualmente não utilizo o Opera Mobile. Desde o update para o Android 4.0.3 Ice Cream Sandwich que o browser do Android melhorou de tal forma que o considero o melhor browser para esta plataforma. Mas se ainda estão agarrados ao Android 2.x, então a melhor opção é o Opera Mobile. Adapta-se muito bem ao estilo de navegação no ecrã reduzido de um smartphone, não é demasiado pesado, tem uma óptima gestão de tabs e renderização das págias, e caso utilizem a versão desktop do Opera a sincronização é um mimo.

Download

Ferramentas de Sistema

ES File Explorer

O Android não tem nativamente nenhum explorador de ficheiros. Dos vários disponíveis no Android Market gostei deste.Parece bem polido e integra-se bem com o sistema e com o Task Manager do mesmo developer. Mas estou aberto a sugestões 😉

Download

ES Task Manager

As capacidades de Task Management do Android são relativamente limitadas, pelo menos em termos de interface com o utilizador. Como tal, e completando a suite EStrongs, Inc., tenho utilizado o ES Task Manager. Normalmente deixo o Android fazer a sua gestão de aplicações abertas, e faz um óptimo trabalho, mas de vez em quando dá jeito ter esta aplicação para forçar certas aplicações a ser terminadas.

Download

Teclado

TouchPal

O teclado do Android é bom (bem melhor do que o do meu Nokia 5800 XpressMusic) mas com a moda de escrever com gestos swype decidi experimentar a oferta de teclados com esta funcionalidade. Dos que experimentei, em termos estéticos e funcionais o que me agradou mais foi o TouchPal (isto de entre os Free, pagos há melhores). Apesar de escrever com gestos ser normalmente mais rápido do que “dactilografar” cada carácter individualmente, por vezes este sistema também não adivinha o que se realmente quer escrever fazendo-nos perder tempo a introduzir manualmente (mas no futuro ele tem tendência a aprender com os erros e a não cometer novamente o mesmo erro). Assim sendo, aqui fica a sugestão de experimentarem este teclado.

Download | Pack para suporte a Português (Portugal)

Conversor de moeda

XE Currency

No browser normalmente utilizo o website XE.com para fazer conversão entre diferentes unidades monetárias. Eles têm uma aplicação para Android e como tal comecei também a utilizá-la. É simples e bem conseguida, sincroniza as taxas com os servidores da XE.com, permite ver a evolução do valor das moedas e responde a controlos de shake (graças ao giroscópio encontrado na maioria dos dispositivos Android).

Download

Conversor de Unidades

ConvertPad

Por vezes dá jeito converter entre diferentes unidades de medida e esta aplicação suporta quase todas as unidades que possam imaginar. Um must have… 😉

Download

Desktop Remoto

2X Client

Ocasionalmente pode dar jeito aceder remotamente aos computadores, que normalmente corem Windows 7, e como tal um cliente de RDP (Remote Desktop Protocol) é um mimo. O 2X Client foi o melhor Free que arranjei. Apesar de a 2X ter um protocolo proprietário, com o qual este cliente é compatível, este funciona na perfeição com RDP. Ainda não tive necessidade de utilizar SSH e VNC com hosts que utilizem sistemas operativos GNU/Linux ou *nix-based. No entanto quando tiver experiência com esses casos voltarei a postar.

Download

Controlo Remoto

Unified Remote

Esta aplicação permite controlar remotamente aplicações no vosso PC. Não é um desktop remoto… permite por exemplo passar slides (que dá muito jeito em apresentações), passar músicas, utilizar o ecrã do telemóvel como um touchpad multitouch, etc. A versão Free vem com um pack predefinido de opções, mas a versão paga permite estender a aplicação com mais pugins para funcionalidades adicionais.

Necessitarão adicionalmente de ter uma aplicação instalada e a correr no vosso PC com Windows (infelizmente não há suporte para Mac OS X e GNU/Linux) para utilizar esta aplicação.

Download Client para Android  | Download Server para Windows

Edição de Imagem

Photoshop Express

Se precisarem de fazer pequenas correcções e edição de imagem directamente no vosso dispositivo Android, existe uma versão Free do Photoshop para o Android que permite fazer algumas das operações mais comuns e simples de edição de imagem.

Download

Feed Reader

Google Reader

Para mim, e visto utilizar o serviço web no browser, o melhor leitor de feeds para Android é a aplicação oficial do Google Reader. No Android 2.3 Gingerbread era boa mas no Android 4.0 Ice Cream Sandwich é óptima. Usem e abusem desta app da Google.

Download

QR Codes

QR Droid

Com a moda de colocar QR Codes em tudo quanto é sítio, e apesar do já referido Google Goggles ser capaz de os identificar e “descodificar” (mas precisa de ligação constante à Internet), a utilização de uma aplicação dedicada para o efeito pode ser útil para quem se depara com estes códigos no dia-a-dia. Permite também gerar códigos além de os ler. A versão Free (também há uma versão paga sem publicidade) do QR Droid foi a melhor opção que encontre.

Download

Aplicações Google

Visto o Android ser um projecto da Google aconselho também a utilização de muitas das apps oficiais da Google, que oferecem um acesso directo e “nativo” a muitas das funcionalidades que normalmente podem aceder no browser. Algumas costumam já vir pré-instaladas nos dispositivos Android, e já foram referidas neste post. De qualquer modo aqui fica a lista das que considero mais importantes e/ou interessantes, e que ainda não foram referidas.

Página com todas as Apps da Google

Espero que tenho gostado desta selecção. Caso tenham alguma sugestão adicional façam favor de comentar, que poderei actualizar este post e, quem sabe, mais tarde fazer mais algum post sobre esta temática.

minguar – O TweetShrink em Português

Noutro dia estava a pensar que podia ser útil utilizar o TweetShrink não só em inglês mas também em português. Fui ver se havia alguma opção no TweetShrink para múltiplas línguas ou outro serviço que fizesse o mesmo mas suportasse a nossa língua. No entanto, não encontrei nada de útil.

Então comecei a pensar criar um serviço semelhante, afinal de contas não é nada de muito complexo de fazer. Como tenho aqui o host do blog que permite PHP decidi desenvolver nessa linguagem, para além de já ter alguma experiência em PHP, ainda que preferisse aprender Python e/ou Ruby em breve porque PHP já começa a fartar. E para não ser tão “enfadonho” usei como base a framework de desenvolvimento CodeIgniter. Escolhi esta porque é super simples de utilizar, não tem dependências muito exigentes, é rápida, e funciona sem grandes dores de cabeça em ambientes de alojamento partilhado (que é o que eu tenho contratado neste momento com a WebTuga).

Depois para o nome escolhi “minguar” pois achei que ficava mais fora do comum do que um simples “encolher“, “diminuir“, “reduzir” ou coisa do género.

Sendo assim, meti mãos às obras e em poucas horas tinha um protótipo funcional. Se quiserem ter acesso ao código fonte têm o seguinte repositório no Bibucket: https://bitbucket.org/petersaints/minguar/overview

Desenvolvi também ainda uma API semelhante à do TweetShrink caso queirem utilizar.

Quem quiser continuar a aplicação esteja à vontade de me pedir para contribuir para o repositório ou podem sempre fazer um fork. Terei todo o gosto de ajudar a levar este projecto mais além, pois na versão actual não passa de uma brincadeira.

20 anos de Linux

Depois dos 25 anos da Pixar este ano também se comemora os 20 anos de Linux. Sim foi em 1991 que Linus Torvalds lançou pela primeira vez o publicamente código fonte do Linux Kernel (na altura não tendo nada a ver com o que é hoje em dia).

E a partir desse momento em 1991 que começou a desenvolver-se aquele que é hoje em dia o sistema operativo open source mais utilizado no mundo, e que potencia o sistema operativo móvel que está a ter uma enorme escalada de quota de mercado, o Android, bem como imensos servidores para os mais diversos fins espalhados pela web.

Sendo assim deixo-vos este vídeo da The Linux Foundation em que podem ver um resumo dos últimos 20 anos de história do Linux:

Mozilla Firefox 4.0

Não podia de deixar de assinalar aqui no blog o lançamento oficial do Mozilla Firefox 4.0. O segundo browser mais usado no mundo actualmente. Apesar de há coisa de quase um ano ter migrado para o Google Chrome, tenho que admitir que esta nova versão volta a tornar o Firefox um browser mais actual e competitivo. No entanto, esperemos que os planos da Mozilla de tornar o desenvolvimento mais ágil se concretizem e que possamos ter novas versões num ciclo de cerca de 3/4 meses em vez de 12 a 18 meses como actualmente.

Entretanto para quem se queira informar ou experimentar fica em cima o vídeo oficial de apresentação do Firefox 4.0 e em baixo alguns links úteis para fazerem o download e explorarem as novidades introduzidas nesta versão.

Façam Download em:

Vejam as novidades em:

Opera 11.10 Beta

Ainda ontem falei de browsers, e entre estes falei do Opera, e hoje lançaram a versão Beta do Opera 11.10.

No geral podemos contar um design ligeiramente refinado face à versão 11.0x, suporte a mais umas propriedades CSS3, e melhoramento da gestão de plugins (nomeadamente a auto-instalação do Adobe Flash Player).

A funcionalidade visível em destaque, e descrita no vídeo deste post, é o novo speed-dial que se torna mais flexível que a implementação anterior. A meu ver ainda precisa de ser limado em algumas arestas mas de resto acho que é uma mudança para melhor.

Para acederem a esta versão visitem:
http://www.opera.com/browser/next/

Internet Explorer 9 e considerações sobre browsers

A Microsoft lançou no último dia 14 de Março de 2011 a versão 9.0 do Internet Explorer. Tive o prazer de utilizar a versão Release Candidate por uns dias e finalmente a Microsoft criou um browser minimamente decente tendo com conta os restantes browsers no mercado actual.

No entanto, para mim, neste momento apenas existem 3 browsers que eu recomendo:

  • Firefox 4.0 (actualmente em Release Candidate mas já recomendo em relação à “velhinha” 3.6)
  • Chrome 10 ou superior
  • Opera 11

Qualquer um destes é um browser completo e compatível com os últimos standards. O Internet Explorer 9 apesar de se aproximar do pelotão da frente continua algo limitado (na minha opinião). Para além de ainda não suportar tão bem os últimos standards emergentes (mas suporta os mais importantes), não suporta vídeo WebM nativamente, não tem um sistema de add-ons/extensões digno desse nome, não tem spell-checker, e a lista continua. Mas comparativamente ao IE8 é um grande passo em frente suportando bastante melhor os standards actuais (finalmente suportando CSS2 na totalidade) e já suportando as partes mais importantes de HTML5 e CSS3. Tem também aceleração do rendering das páginas por hardware aproveitando a potência latente da placa gráfica do utilizador para acelerar a experiência na web.

Para além dos browser referidos temos ainda o Safari. Sinceramente em Windows acho que é um browser medíocre, sendo bastante pesado e pouco agradável em termos de interface, tal como todos os produtos de software Apple feitos para Windows (como o iTunes). Em Mac OS X acaba ser como o IE9 no Windows, ou seja, é o browser default do sistema operativo mas existem melhores alternativas.

Com isto tudo chegamos também a uma questão importante para quem faz desenvolvimento de aplicações web e especialmente web design. Que browsers devo suportar? Para começar vou listar os browsers que me dou ao trabalho de ir testando com alguma regularidade se suportam correctamente as páginas que desenvolvo:

  • Internet Explorer 7 (via emulação do Internet Explorer 9)
  • Internet Explorer 8 (via emulação do Internet Explorer 9)
  • Internet Explore 9
  • Chrome 10
  • Firefox 3.6
  • Firefox 4.0
  • Opera 11
  • Safari 5 (normalmente testar no Chrome garante que funciona sem problemas no Safari pois este usa o mesmo motor de rendering das páginas no entanto muito de vez em quando lá testo no Safari em Windows)

A meu ver esta lista cobre quase a totalidade dos utilizadores actuais da Internet, pelo menos em Portugal, Europa, América de Norte e países minimamente desenvolvidos no geral. Um browser que muita gente ainda tenta suportar é o Internet Explorer 6 mas na maioria dos países já não tem expressão suficiente para compensar o enorme trabalho adicional de contornar as suas “pancadas” e falta de suporte para standards. Já o Internet Explorer 7 me costuma dar altas dores de cabeça, especialmente a trabalhar com selectores CSS com posicionamentos relativos, e na minha opinião devia ser abandonado tão cedo quanto possível.

O Internet Explorer 8 foi o primeiro com o mínimo de suporte para standards e que “regra geral” funciona correctamente quando tudo está de acordo com os standards e funciona bem nos restantes browsers da concorrência. E visto que está disponível gratuitamente do Windows XP, Vista e 7 (e que mesmo para versões piratas dá para instalar sem problemas com o Windows Genuine Advantage) não percebo porque é que toda a gente não actualiza para esta versão. A única excepção que admito são as empresas que tenham aplicações web antigas e/ou feitas especificamente para funcionar no IE6. Para estes caso a Microsoft devia “forçar” (ou pelo menos recomendar veemente) a actualização para o IE8 e disponibilizar uma versão stand-alone do IE6 SP3 para utilização em aplicações legacy. É de louvar medidas como a existência do site “Internet Explorer 6 Countdown” mas é uma posição algo passiva ficar a olhar para o market share a descer e nada fazer para tentar forçar a sua redução a não ser falinhas mansas.

O Internet Explorer é mesmo caso único de longevidade de versões. Para todos os outros browsers é suficiente suportar a última versão estável e quanto muito a anterior a essa versão durante algum tempo depois do laçamento de uma nova versão estável (como é o caso do Firefox 3.6 agora que vai sair o 4.0 dia 22 de Março que pretendo suportar mais 6 meses pelo menos ou quando o Market Share cair para valores residuais). Já o Chrome tem um auto-update tão agressivo que basicamente uma semana depois de sair uma nova versão stable já ninguém está a usar a stable anterior. E o Opera e o Safari também avançam rapidamente em termos de uso de uma versão stable de uma para outra.

Aqui ficam alguns dados da StatCounter para contextualizar as minhas afirmações e decisões:

Statcounter-browser_version-af-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-an-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-as-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-eu-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-cn-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-na-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-oc-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-sa-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-ww-weekly-201109-201110-bar
Statcounter-browser_version-pt-weekly-201109-201110-bar

Outros dados que podem servir de suporte a estas decisões são os valores worldwide da NetApplications (que infelizmente não são tão optimistas como os da StatCounter) e podem ser consultados aqui: StatCounter March 2011

Opera 10.60

E lá saiu mais uma versão do browser Norueguês. É um dos melhores browsers actualmente e por pouco que não é o meu browser de preferência. Experimentem que é Grátis e é muito bom. Pode ser que gostem 😉

Nitro PDF Reader

Descobri este leitor de PDF para Windows. É mesmo muito bom… Parece o Office 2010 e é totalmente Free! 😉

WordPress 3.0

Arm your vuvuzelas: WordPress 3.0, the thirteenth major release of WordPress and the culmination of half a year of work by 218 contributors, is now available for download (or upgrade within your dashboard). Major new features in this release include a sexy new default theme called Twenty Ten. Theme developers have new APIs that allow them to easily implement custom backgrounds, headers, shortlinks, menus (no more file editing), post types, and taxonomies. (Twenty Ten theme shows all of that off.) Developers and network admins will appreciate the long-awaited merge of MU and WordPress, creating the new multi-site functionality which makes it possible to run one blog or ten million from the same installation. As a user, you will love the new lighter interface, the contextual help on every screen, the 1,217 bug fixes and feature enhancements, bulk updates so you can upgrade 15 plugins at once with a single click, and blah blah blah.

(…)

For a more comprehensive look at everything that has improved in 3.0 check out 3.0’s Codex page or the long list of issues in Trac. (We’re trying to keep these announcement posts shorter.) Whew! That’s a lot packed into one release. I can’t think of a better way to kick off the 3.X cycle we’ll be in for the next two and a half years.

The Future

Normally this is where I’d say we’re about to start work on 3.1, but we’re actually not. We’re going to take a release cycle off to focus on all of the things around WordPress. The growth of the community has been breathtaking, including over 10.3 million downloads of version 2.9, but so much of our effort has been focused on the core software it hasn’t left much time for anything else. Over the next three months we’re going to split into ninja/pirate teams focused on different areas of the around-WordPress experience, including the showcase, Codex, forums, profiles, update and compatibility APIs, theme directory, plugin directory, mailing lists, core plugins, wordcamp.org… the possibilities are endless. The goal of the teams isn’t going to be to make things perfect all at once, just better than they are today. We think this investment of time will give us a much stronger infrastructure to grow WordPress.org for the many tens of millions of users that will join us during the 3.X release cycle.

It Takes a Village

I’m proud to acknowledge the contributions of the following 218 people to the 3.0 release cycle. These are the folks that make WordPress what it is, whose collaboration and hard work enable us to build something greater than the sum of our parts. In alphabetical order, of course.

Source: wordpress.org

Bem e ele chegou… estou muito contente com o meu posterous para blogging pessoal mas para blogging profissional WordPress FTW!! E a versão 3.0 parece melhor que nunca 😉

Google Chrome Comic Book

Não é novidade nenhuma mas é uma leitura interessante 😉
Ler: https://www.google.com/googlebooks/chrome/big_00.html