Android 4.0.3 Ice Cream Sandwich @ Samsung Google Nexus S

Como já se devem ter apercebido, pelo post da semana passada, adquiri recentemente um Samsung Google Nexus S. Este é um smartphone oficial da Google e desbloqueado. Recebe updates directamente da Google, em vez de se ter que se esperar (ou rezar) que o fabricante decida actualizar o software de um determinado dispositivo para uma versão mais recente do Android (na maioria dos dispositivos, normalmente o “aconselhável” passa por instalar versões não oficiais).

Assim sendo, tenho o telemóvel completamente “oficial”. Sem estar “rooted” e com ROMs custom. Há cerca de 1 mês a Google lançou o update oficial para o Nexus S do Android 4.0 (depois do lançamento do Galaxy Nexus como o seu sucessor, já com a nova versão do Android). Desde então que fiz a actualização a partir do Android 2.3.6 Gingerbread para o Android 4.0.3 Ice Cream Sandwich, e tenho adorado esta nova versão. Penso que finalmente NÃO fica mesmo nada a dever ao iOS (pelo menos à 4.x, que foi a última versão que testei).

O Nexus S está bastante fluído com esta nova versão (ao contrário do “esperado” não ficou mais pesado) e esta versão traz algumas coisas novas e pormenores interessantes. Podem ler mais sobre o Ice Cream Sandwich aqui.

Agora gostaria apenas de deixar algumas imagens do meu Nexus S a correr o Ice Cream Sandwich.

Google+

A Google lançou a sua nova rede social. Esta é a sua 4ª tentativa de criar uma rede social com sucesso.

Antes do Google+ tivemos o Orkut, originário da Turquia e depois comprado pela Google, que nunca teve muito sucesso a não ser no início no Estados Unidos e actualmente apenas na Índia e Brasil. Depois do Orkut veio o Google Wave, que apesar de não ser uma rede social pura tinha algumas componentes sociais importantes e, mais uma vez, foi um fracasso total. Mais recentemente tivemos o Google Buzz que basicamente é um super Twitter integrado no Gmail, tendo também tido um sucesso muito limitado (e alguns problemas de privacidade no ínicio).

Mas a Google não se deixa abater. Apresentou ontem o Google+ como a sua nova aposta para destronar o Facebook. A implementação parece bastante interessante mas será que vêm a tempo? Só o tempo o dirá… Para já a rede social apesar de imatura parece fornecer a maioria das funcionalidades básicas de uma rede social e introduz alguns novos conceitos interessantes (a nível de controlos de privacidade e comunicação, bem como de video-chamada), bem como se integra com produtos já existentes da Google, como os álbuns do Picasa e mensagens do Google Buzz.

Para conhecerem melhor esta nova rede social aconselho que sigam a “tour” e que se registem com a vossa conta Gooogle aqui.

Podem também ver os seguintes 10 vídeos que falam das novidades e capacidades desta rede social:

Links: Google Plus

Google with Recipe View

A feature de pesquisar Recipes é interessante, tendo em conta que a Goolle já tem tantas outras funcionalidades de pesquisa específicas.

Mas o espectáculo deste vídeo é o facto de a Google ter um Executive Chef. Aliás não é só um, são vários que ele diz no vídeo que é um dos Executive Chefs @ Google. Numa palavra BRUTAL!! Agora quero mesmo ir trabalhar para a Google 😛

Google Sync para telemóveis

Descobri esta pequena maravilha da Google. Permite sincronizar os vossos contactos, calendários e e-mails entre o vosso telemóvel e a vossa conta Google.

Serve para que tenham a mesma informação no vosso PC através dos serviço Google e na memória do telemóvel. Desta forma apenas tem que alterar os dados num sítio e essas alterações replicam-se pelos seus dispositivos. Se perder o telemóvel tem também sempre um backup online dos seus dados. É mesmo muito útil.

Plataformas suportadas: Blackberry, iPhone, Windows Mobile e Symbian.

Mais informação: http://www.google.com/mobile/sync/

Google Instant

Dia 8 a Google apresentou o novo Google Instant. O vídeo da conferência tem mais de 1 hora e como tal não o vou colocar aqui. Em vez disso mostro-vos este divertido vídeo feito com o videoclip de Subterranean Homesick Blues de Bob Dylan. Ilustra bem o potencial do Google Instant.

Se pretendem utilizar têm que utilizar a versão US do Google ou fazer login com a vossa conta Google nas versões UK, Francesa, Alemã, Italiana, Espanhola ou Russa.

Para já os únicos browser suportados são:
– Chrome 5/6
– Firefox 3.x
– Safari 5 (Mac)
– Internet Explorer 8

Mais informação em: http://www.google.com/instant/