Ubuntu 11.04 Beta 1 Lançado

A próxima beta do Ubuntu já ai anda. Como é costume temos um lançamento em Abril e Outubro de cada ano e por isso esta é a 11.04 (ano de 2011 e Abril, mês 4). Antes desta beta tivemos 3 alphas mas normalmente apenas quando estamos 1 mês antes do lançamento é que passa para Beta e aí, regra geral, já é minimanente estável para uso no dia a dia.

Depois desta beta iremos ainda ter a Beta 2 daqui a duas semanas (14 de Abril) e passadas mais duas semanas teremos a versão final (28 de Abril). Por acaso este ciclo de desenvolvimento é algo atípico porque costuma haver apenas 1 Beta um mês antes do lançamento final e depois 1 semana antes temos uma Release Candidate. Neste caso preferiram lançar antes uma Beta 2 mais cedo e não terem Release Candidate.

A principal novidade desta release do Ubuntu vai ser a unificação das versões Desktop e Netbook que passarão a utilizar uma Shell para o Gnome chamada Unity e que foi inicialmente desenvolvida para o Ubuntu 10.10 Netbook Edition e que a Canonical decidiu expandir para os Desktops também, unificando assim as duas edições. Passa a haver apenas Ubuntu e Ubuntu Server (para além das variantes com KDE (Kubuntu), Xfce (Xubuntu) e LXDE (Lubuntu)).

Esta versão é algo transitório e polémica. Primeiro há quem não goste muito do Unity (mas pode ser desligado e voltar-se ao modo “clássico”) e por outro é um pouco estranho estar a investir no desenvolvimento de uma nova Shell especificamente para o Ubuntu quando o GNOME 3 vai trazer uma nova denomidada GNOME Shell. Sinceramente até me parece que me vou dar melhor com o Unity do que o GNOME Shell, visto que este é um redesenhar completo do paradigma de desktop enquanto que o Unity é um pouco mais conservador. No entanto, depois de experimentar ambos não ponho de lado mudar de Desktop Environment/Window Manager nos meus sistemas Linux (apesar de usar maioritariamente computadores com Windows). Além disso, acaba por ser uma versão pseudo-Beta para preparar a futura LTS a ser lançada daqui a um ano, a 12.04, sendo que pelo meio ainda teremos 11.10 que também já promete mais algumas alterações interessantes a nível de bibliotecas utilizadas (nomeadamente a inclusão de origem do Qt).

Já agora por curiosidade acrescento que ainda há pouco tempo tive que instalar um servidor DELL e a escolha recaiu sobre o Ubuntu, neste caso a versão Server (apenas com consola) e claro que sendo para ser mantido por muito tempo sem dar chatices levou a já velinha versão 10.04 LTS (Long Term Support) que vai levar updates ainda durante vários anos. Até ao momento a máquina tem-se portado lindamente e como o Ubuntu é provavelmente a distro mais utilizada é bastante fácil encontrar tutoriais e guias especificamente para o Ubuntu (e até mesmo para 10.04) pelo que facilita bastante as coisas, e claro com gestão via SSH é um mimo fazer qualquer alteração à distância.

Mas bem… chega de conversa fiada 😉 No seguinte vídeo podem ver por alto a maiores novidades da próxima versão do Ubuntu:

Leave a Reply