Eu e os MacBook Pro

Eu estou neste momento a pensar comprar um MacBook Pro logo após o próximo update (actualmente o normalmente hardware overpriced da Apple ainda está mais porque já não há updates aos MacBook Pro há coisa de 10 meses). Estou a desesperar com o tempo de espera. Espero que venha algo fixolas…

Se quisesse um portátil só pela potência então nem pensava em comprar um Mac. Agora eu estou convencido que quem procura alguns detalhes extra os portáteis da marca da maçã são a melhor opção.

No meu caso o que me seduz é:

  • O ecrã de alta qualidade. Isto nenhum portátil das outras marcas da gama de consumo iguala. E só isso encarece muito a produção e claro que aumenta o preço. Especialmente o de 15″ interessa-me porque tem uma resolução de 1440×900 vs 1366×768 (ou 1280×800) dos PCs normais com esse tamanho.
  • A duração da bateria. Um MacBook Pro de 13″ polegadas tem uma duração de bateria de 6h em Mac OS X e os de 15″ e 17″ têm 7h. E sei que isto é verdade porque um amigo meu tem um MacBook Pro de 13″ comprado em Novembro e já tive ocasião de verificar a duração da bateria. É excepcional poder passar um dia na escola sem ligar à tomada. Os únicos portáteis sem serem os Macs com esta duração são os Netbooks.
  • A construção parece-me excepcional. Ao contrário de um chassis em plástico com algum aço temos quase tudo feito numa única peça em alumínio. Isso reduz peso e diminuí os pontos de folga e quebra.
  • O design também só consegue ser abalado pelos SONY Vaio e mesmo assim ficam aquém.
  • O sistema operativo Mac OS X é muito agradável e há aplicações em Mac que têm muito mais qualidade que as equivalentes em Windows. Também traz o poder do “UNIX” que temos no Linux de uma forma mais elegante, controlada e suportada.
  • Na linha do ponto anterior… o facto dos Macs actuais serem Intel-based é excepcional para poder usar máquinas virtuais e/ou bootcamp de forma a correr uma ou outra coisa que precise em Windows. Se ainda usassem PowerPC nem considerava comprar um Mac.

Estas são as razões que me levam a considerar um Mac em vez de um PC para a minha próxima compra. Não é que esteja muito descontente com o meu TOSHIBA Satellite A200 (muito melhor que os HP Pavillion dv6 do seu tempo que a maioria dos meus colegas têm e já andam todos a morrer) a correr Windows 7. Mas sinto que pode haver melhor e o melhor é sem dúvida um MacBook. Claro que também há problemas com os Macs:

  • O preço realmente é um pouco carote. Ainda assim tendo em conta o ecrã, construção e alguns detalhes até não é assim tão caro como possa parecer. Claro que a maioria das pessoas só olha para as especificações do “miolo” (eu mesmo dou-lhe muita importância) mas há que saber dar um desconto.
  • Na óptica da anterior temos o problema dos longos ciclos de update (o actual é o mais longo de sempre) o que leva a apenas compensar comprar um Mac durante uns meses depois de sair uma nova linha porque depois disso os preços não baixam e ficam cada vez mais overpriced em relação aos PCs comuns
  • O Mac OS X, infelizmente, pode não ser ideal para quem trabalhe em algumas áreas. Quer em arquitectura/engenharia civil com AutoCADs e SolidWorks e cenas assim… quer em Informática caso usem muitas tecnologias MS. Se for para andar a fazer reboot sempre que se vai trabalhar ou sempre a usar uma máquina virtual para correr as aplicações que se usa no dia a dia mais vale ter um bom portátil comum. Isto a meu ver…
  • Os acessórios são caros e alguns são obrigatórios. Por exemplo, um adaptador VGA para poder usar em projectores visto que os Macs apenas usam mini-Display port.
  • O tempo de vida de um Mac, apesar de bastante mais caro, não é maior que a de um PC normal. Pode até, dependendo das políticas da Apple, ser mais curto.

Pronto… aqui têm uma overview daquilo que penso em relação à possível compra de um MacBook Pro.

Leave a Reply